KulturRevolution em Portugal

17 de novembro de 2017

KulturRevolution em Portugal

A convite do curador Frederico Duarte, o conjunto completo de capas para a revista KulturRevolution teve destaque na exposição “Como se pronuncia design em português – Brasil Hoje”, no MUDE- Museu do Design e da Moda, em Lisboa, entre setembro e dezembro de 2017.

Ver também


31 de outubro de 2017

Places en Relation: Av. Paulista / Território transitório

A ação ocorrida no domingo, 29/10, faz parte do projeto internacional do designer francês Ruedi Baur (Institut Civic City) com concepção e realização de Rico Lins e Kiko Farkas e direção de vídeo de Leonardo Brant. Trata-se de uma cartografia afetiva da cidade registrando em vídeo e localizando em um grande mapa móvel os percursos e relatos de quem faz esta praça provisória acontecer, misto de ocupação, lazer e exercício de cidadania a ser apresentada no Thêàtre St Gervais, em Genève. O projeto integra as atividades da Bienal de Arquitetura de São Paulo e conta com apoio do programa «COINCIDÊNCIA» Intercâmbios culturais Suíça-América do Sul, da Fundação suíça para a cultura Pro Helvetia. 

Ver também

Trabalhos selecionados para 12ª Bienal Brasileira de Design Gráfico

3 de maio de 2017

Trabalhos selecionados para 12ª Bienal Brasileira de Design Gráfico

Ficamos honrados em saber que alguns dos projetos do Rico Lins +Studio foram selecionados para a 12ª Bienal Brasileira de Design Gráfico!

Ver também


Mestres da Obra – O Livro

24 de março de 2017

Mestres da Obra – O Livro

A OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) Mestres da Obra conta sua história desde sua concepção até projetos recentes, em livro com projeto gráfico de Rico Lins +Studio. O livro tem o intuito de apresentar o trabalho realizado pela OSCIP com operários da construção civil, a fim de desenvolver a capacidade artística e criativa dentro dos canteiros de obra e de promover a integração, a auto-estima e o senso estético através da música, dramaturgia e artes visuais. O lançamento ocorrerá no dia 29 de março, no Itaú Cultural.

Ver também


100 anos do Samba

16 de agosto de 2016

100 anos do Samba

Ocupação 100 anos do Samba

Abertura da “Ocupação 100 Anos do Samba”, primeira exposição do Museu do Samba em homenagem ao centenário do lançamento de “Pelo telefone”, de Donga, o primeiro registro gravado do samba em 1917. O Museu, que está localizado aos pés do morro da Mangueira, no Rio de Janeiro.

Ver também


Jazz na Fábrica

11 de agosto de 2016

Jazz na Fábrica

Abre hoje, dia 11/8, a sexta edição do Jazz na Fábrica no Sesc Pompéia, em São Paulo. O festival que sempre se orientou pela globalização e a diversidade traz um panorama da diversidade de estilos, formações e timbres do universo jazzístico. Contando com nomes consagrados e emergentes, a programação aposta na ideia das contaminações mútuas entre o jazz e as tradições musicais de diversos cantos do mundo, revelada pela presença de artistas norte-americanos, europeus, mas também africanos e latinoamericanos. As apresentações, que ocupam várias áreas do Sesc vão até o dia 28/8 e os ingressos estão à venda desde o dia 04/8. São todos benvindos!

Ver também


Cartaz Rio 2016

15 de julho de 2016

Cartaz Rio 2016

Rico Lins foi um dos 15 artistas convidados pelo Comitê Olímpico Rio 2016 a criar um cartaz comemorativo dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos. A abertura da exposição de lançamento foi no dia 12 de julho no Museu do Amanhã, no Rio.

Ver também


Revista Serrote

1 de julho de 2016

Revista Serrote

A serrote 23, revista quadrimestral do Instituto Moreira Salles – IMS, foi lançada durante a Flip – Festa Literária Internacional de Paraty de 2016. O lançamento foi na Casa do IMS (Rua do Comércio, 13, Centro Histórico, Paraty).  As colagens de Rico Lins ilustram a capa e o relato da experiência de Jean-Paul Sartre sob o efeito da mescalina.

Ver também


Design Dialogue: Poland Brazil

3 de junho de 2016

Design Dialogue: Poland Brazil

Entre os dias 04 de junho e 03 de julho a exposição “Design Dialogue: Poland Brazil” reúne cartazes históricos e contemporâneos brasileiros e poloneses no Museu de Arte Moderna do Rio. Integro um grupo de cinco designers gráficos do Brasil e cinco da Polonia convidados a criar cada um dois cartazes, abordando a relação entre os dois Países. A curadoria é de Ewa Solarz, Gabriel Patrocínio e Magda Kochanowska e conta também com a participação do Museu do Cartaz de Wilanów (Muzeum Plakatu w Wilanowie). Além dos vinte cartazes, uma mostra de ícones do design de produto de ambos Países completa este diálogo cultural inédito. Uma edição especial dos cartazes impressos em serigrafia ficam disponíveis para venda ao público.

A lista completa de participantes é composta por Rico Lins, Fabio Lopez, Grande Circular, Estúdio Mola, Bruno Porto, Robert Czajka, Małgorzata Gurowska, Marta Ignerska, Dawid Ryski e Tymek Jezierski (cartazes) e dos designers Vzór, Furf Design, Agnieszka Bar, Jader Almeida, Alicja Patanowska, Holaria, Kosmos Project, Sérgio Matos, Zieta Prozessdesign e Domingos Tótora (produto)

Ver também


Revista KulturRevolution

“Antagonismo” é o tema central da mais recente edição (junho 2016) da revista alemã KulturRevolution com a qual colaboramos com dezenas de capas criadas desde 1982. Nas cores da bandeira síria, a capa revela o negativo de uma foto do êxodo de refugiados. Uma série de imagens em preto e branco ilustra o interior da edição.

[rs_image_block image="4407"]
[rs_spacer height="15px"]

[soliloquy id=”4420″]